O PT é adversário na Bahia: Diz Roma e Raíssa Soares, mais apoio a ACM Neto tem Condições

Destaque Politica

O deputado federal João Roma (PL), que disputou as eleições para governador da Bahia e obteve 9,08% dos votos no primeiro turno, anunciou que o adversário dele na Bahia é o PT e que, se for preciso estar ao lado de ACM Neto, ex-prefeito de Salvador e candidato ao governo pelo União Brasil, estará ao lado dele na disputa do segundo turno no dia 30 de outubro.

Ele e a ex-candidata ao Senado pelo PL, Raíssa Soares, afirmaram que não houve nenhuma conversa com ACM Neto. “Essa nossa manifestação não passou por nenhum entendimento”, disse Roma, ao afirmar que a decisão dele não passou por promessas em caso de vitória do ex-prefeito de Salvador na disputa contra Jerônimo Rodrigues, do PT.

“Eu estou aqui manifestando a minha voz e a minha posição política, pois eu estarei contra o PT. Se o nome disso é apoiar ACM Neto, que seja apoiar ACM Neto. Agora, para ele conquistar o voto dos bolsonaristas, ele precisa mostrar a sua diferença às pautas do PT, ele precisa conversar com cada um dos nossos apoiadores para mostrar justamente se ele defende a pauta da família, qual a sua posição sobre o aborto, se ele pretende diminuir os impostos na Bahia”, declarou Roma. Que complementou: “Essa mãozinha aqui não clica no 13”.

Roma fez o anúncio ao lado da ex-candidata ao Senado, Raíssa Soares (PL), em live realizada na noite desta terça-feira (4) e transmitida pelo Instagram. Antes de anunciar o apoio, enquanto aguardava a entrada de Raíssa Soares, Roma disse que “não vai deixar o PT ganhar não”, num indicativo de quem votaria no ex-prefeito da capital no segundo turno.

A médica e ex-candidata a deputada federal, Raíssa Soares, antes da fala de Roma, disse que ela e o ex-ministro da Cidadania não têm problemas em indicar apoio a ACM Neto (UB) pela disputa do Palácio de Ondina, mas que precisam de uma sinalização do ex-prefeito de Salvador de alinhamento com o presidente Jair Bolsonaro (PL), que disputa a reeleição à presidência. “Estamos aqui contra o PT”, disse a candidata ao Senado.

Davi Lemos

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.