Eunápolis: vereadores adiam votação do projeto que concede reajuste aos professores

Politica

Por unanimidade dos 16 vereadores presentes, a Câmara Municipal de Eunápolis aprovou o pedido de vistas ao projeto de Lei Complementar número 07/2022, de autoria do Poder Executivo, que concede reajuste salarial de 14,42% aos professores da rede pública de ensino. O projeto saiu de pauta na sessão ordinária desta quinta-feira (28 de abril) na expectativa de abrir espaço para renegociar o reajuste.

Em greve desde o dia 19 de abril, mais de 500 profissionais do magistério acompanharam a sessão desta quinta-feira. A diretora da APLB/Sindicato, Costa do Descobrimento, Jovita Silva, usou o espaço da Tribuna Livre da Casa de Leis durante 10 minutos.

Diretora da APLB/Sindicato Jovita Silva, usou espaço da Tribuna Livre / Foto: Milton Guerreiro – Divulgação

A categoria paralisou as atividades e pelo menos 20 mil alunos estão sem aula. Ao todo, são 1.050 professores em greve, entre efetivos e seletivos, lotados nas 40 escolas do município.

A diretora do Sindicato que representa os trabalhadores da Educação (APLB) informou que os professores pedem correção de 33,24% nos vencimentos e aumento referente à inflação de 2021.

OUTRO LADO – O secretário de Educação de Eunápolis, Gabriel Saulo, afirmou que se for concedido o reajuste pleiteado pelos professores, o município ficará sem condição orçamentária de fazer manutenção e outros investimentos na educação, porque a folha de pessoal absorverá a receita por completo dessa pasta.

* Redação, com informações são da Ascom/CME

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.