Eunápolis tem primeiro foragido da Justiça encontrado com auxílio do Reconhecimento Facial

Polícia

Parado em um dos pontos já monitorados pelas câmeras do Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública (SSP), em fase de testes no município de Eunápolis, no extremo-sul do estado, um assaltante se torna o primeiro capturado com auxílio da tecnologia no município. Prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (31).

Após o alerta da ferramenta apontar 90% de semelhança entre o homem e imagens disponibilizadas pelo Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), equipes do Centro Integrado de Comunicações (Cicom) da cidade solicitaram o apoio  de uma guarnição da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Eunápolis), que estava próxima ao local.
Após identificarem o suspeito e conferirem os documentos pessoais, o homem foi conduzido para a sede da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis), onde teve o mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal de Eunápolis pelo crime de roubo, confirmado.

Capital Baiana

Por volta das 9h10 da manhã, no Centro de Salvador, outro assaltante foi achado com ajuda das câmeras inteligentes, após alerta de 94% de semelhança. A prisão dele aconteceu cerca de três horas após um homicida também ser preso com a ajuda da tecnologia.

Policiais do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Centro Histórico) deram apoio na condução do homem para a sede da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), nos Barris.

Na unidade, o mandado de prisão expedido pela 14ª Vara Criminal de Salvador, foi cumprido. O homem segue à disposição da justiça.

Com as prisões sobe para 408 o número de suspeitos retirados do convívio social com a ajuda da ferramenta, desde o seu lançamento em dezembro de 2018.

Por: Ascom/ SSP

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.